Fall Softly Collection e Desconto Sigma Novembro 2014

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Cuidados ao Tingir seus Cabelos


Olá, meninas!

Tingir os fios de forma correta, com o produto adequado e estar com a manutenção em dia não é uma tarefa fácil nem de baixo custo.

O uso de uma boa tintura proporciona além de uma cor viva, brilhante e de longa duração, a minimização dos danos causados aos fios e ao próprio couro cabeludo. E, para um resultado ainda mais eficaz, é necessário fazer uma manutenção de qualidade.

Em relação às tinturas, mesmo utilizando as de boa qualidade, devemos ter cuidados especiais com nossos cabelos, pois a química deixa os fios mais frágeis e sensíveis que um cabelo natural, tornando-os mais suscetíveis a danos.

Ao tingir os cabelos com produtos de qualidade duvidosa e não cuidar dos fios adequadamente após a coloração, as chances de eles ficarem quebradiços, ressecados, porosos, sem maciez e sem brilho é ainda maior.

Os fios de cabelo crescem, em média, 1 cm por mês. Como, geralmente, tingimos os cabelos mensalmente e, em alguns casos, a cada 20 dias, a mesma parte do fio tem contato com a química mais de uma vez.

Considerando que cada pessoa mantém um comprimento de cabelo diferente, no caso de danos maiores, os fios só serão completamente renovados meses ou até mesmo anos após a agressão. Ou seja, quando crescerem e a parte danificada for cortada.

Nos últimos cinco anos, tingi meu cabelo de várias cores.

Eu era muito loira sob efeito de descolorante e não queria mais fazer luzes (na touca) pois, além de ficar muito tempo no salão, aquela agulhinha puxando os fios doía muito.

Então, decidi utilizar uma tinta que deixasse meu cabelo com a mesma cor proporcionada pelas luzes – loiro palha.

Eu e uma amiga fomos à farmácia, escolhemos uma coloração de marca popular na cor loiro claríssimo e ela fez a aplicação para mim. Como o meu cabelo natural tem a cor puxada para o ruivo, minha raiz que não tinha nenhum tipo de coloração (virgem) ficou laranja. O principal erro nosso foi não ter realizado o teste de mecha.

Uma dica: fazer o teste de mecha antes da aplicação é extremamente importante, pois possibilita visualizar não só o resultado final da cor no seu cabelo (que varia de acordo com a cor base), mas também verificar se houve agressão aos fios a partir da análise de sua textura.

Às vezes, para conseguir a cor desejada, é preciso trabalhar com a tabela de cores e misturar alguns tons.

Voltando ao meu caso, fiquei três dias com a raiz laranja e fui a um salão para consertar o estrago. Precisei tingir todo o cabelo e optei por uma cor marrom.

Depois de um mês, voltei ao salão e fiz mechas. Não aguentava meu cabelo escuro.

Com o passar do tempo, fui fazendo mais e mais mechas até chegar ao ponto de voltar a fazer luzes.

Permaneci loira até aproximadamente abril/2011, quando quis algo diferente. Fui até minha cabeleireira, fiz o teste de mecha e tingi os cabelos de vermelho com a coloração Evolution of the Color da Alfaparf.

Utilizei as nuances:
         - 5.66 – castanho claro vermelho intenso e
         - 6.66 – loiro escuro vermelho intenso.

O produto é de alta qualidade e obtive um excelente resultado. A cor ficou muito bonita.

O problema do vermelho é a manutenção da cor, pois desbota muito rápido. Nas lavagens dos cabelos, percebe-se o quanto a água sai vermelha.

Devido a isso, resolvi em 30/12/11 trocar mais uma vez a cor dos meus cabelos, tingindo-os de castanho com a coloração Designer Color 4 – Castanho Médio da Tec Italy.

É um produto de linha profissional também de alta qualidade.

Mas não é fácil tirar a cor vermelha. Ao lavar, meus fios descolorem e ficam com reflexos vermelhos mesmo eu estando com os cabelos escuros.

Pretendo ficar por pouco tempo assim. Estou cuidando dos meus cabelos para voltar a ser loira.

Fica aqui outra dica: antes de tingir seus cabelos, pense bem se a cor escolhida é realmente a que você deseja; principalmente em relação ao vermelho e ao preto, pois são difíceis de tirar.

Atualmente, faço hidratações, utilizo shampoo e condicionador de qualidade, excluí a chapinha (utilizo somente o secador) e tento o máximo possível lavar meus cabelos na água fria – este é um ótimo cuidado deixa os cabelos mais brilhosos e sedosos.

Mas, se você quer minimizar os danos causados pela química, a manutenção deverá ser contínua. Não adianta fazer uma vez e nunca mais olhar para os cabelos.

Lembre-se: seu cabelo é o seu cartão de visita.

Beijos.



9 comentários:

  1. Nossa quantas mudanças!!!!!
    Achei lindo seu cabelo vermelho....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiana,

      Realmente, está muito bonito!
      É difícil encontrar um cabelo longo vermelho com a cor uniforme e com tanto brilho.
      Excelente o trabalho da cabeleireira!

      Bjs

      Excluir
    2. Olá Fabiana,

      Realmente, foram muitas mudanças. Eu amei meu cabelo de vermelho porém, como foi dito no post, ele desbota muito, dá muito trabalho.
      Mas que bom que gostou.

      Beijos

      Excluir
  2. Nossa tadinho do cabelo né! Mas viva as mudanças, faz bem!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Danieli,

      Os processos químicos deixam o cabelo mais frágeis e sensíveis.
      Mas é possível deixar os fios saudáveis, estando com a manutenção em dia.

      Bjs

      Excluir
    2. Olá minha cabeleireira,

      Tadinho mesmo, mas sempre estou fazendo hidratação e utilizando produtos de qualidade, com isso minimiza muito os danos.

      Beijos

      Excluir
  3. Oi ACHEI QUE VOCÊ FICOU MELHOR COM O CABELO VERMELHO, E OLHA QUE NEM GOSTO DESSA COR MAS VC COMBINOU MUITO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      O cabelo vermelho, realmente, combinou bastante com ela.
      Adorei!

      Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...